A eleição é apenas no dia 2 de outubro, mas a seleção brasileira já tem seu "presidente": Neymar.

 O camisa 10 assumiu nos últimos anos um papel de liderança que vai muito além da capacidade técnica.

Ele se tornou a conexão entre os mais experientes e os mais jovens e foi fundamental no processo de integração dos jogadores da nova geração.

No amistoso contra Gana, hoje (23), às 15h30 (horário de Brasília).

 o Neymar de 30 anos terá a seu lado colegas que eram crianças quando ele nascia para o futebol no Santos.

Em 2010, quando o menino da Vila estreou na seleção, Rodrygo tinha apenas 9 anos, Vini Jr. e Antony tinham 10.